16/07/2014 às 10:14 - Atualizado em 22/03/2016 às 18:38

Temporada de praias de 2014 deve superar anos anteriores: estrutura é prioridade

Ascom/Adtur Temporada de praias de 2014 deve superar anos anteriores: estrutura é prioridade

A temporada de praias, que no Estado vai durar todo o mês de julho e início de agosto, está contando com estrutura superior à do ano de 2013, segundo informações da Agência de Desenvolvimento Turístico (Adtur).

Ao todo, este ano 78 praias foram contempladas com recursos do Governo do Estado, destinados à implantação de infraestrutura, pelo programa "Rota do Sol”. Em 2014, as praias foram separadas por categorias, de acordo com o fluxo de turistas e os recursos são para para instalação de estruturas de iluminação, palco, banheiros e tendas.

Para contratação dos shows e demais atrações culturais, a Fundação Cultural do Estado informou que os incentivos financeiros foram destinados aos municípios que conseguiram emendas parlamentares, junto a deputados estaduais e federais, mas o órgão não informou quais prefeituras receberam, nem quanto foi destinado.

Para esta temporada o Prodivino liberou cerca de R$ 1 milhão em microcréditos pelo programa “Nossa Oportunidade Praias”, que realiza empréstimos aos comerciantes das margens das praias com taxa de 0,5% ao mês e carência de 60 dias.

Em Araguanã, cidade que tem pouco mais de 5 mil habitantes, a expectativa é receber cerca de 30 mil pessoas nos cinco finais de semana de programação. Já em Paranã, município da região Sudeste que tem cerca de 10 mil habitantes, estima-se que ao longo de seus 1.500m² de praia passarão cerca de 80 mil visitantes durante esta temporada.

 

Programa Rota do Sol

A Adtur explicou que o programa “Rota do Sol” é o cumprimento de uma normativa, aprovada nesse ano de 2014, que contempla a distribuição de incentivos financeiros às 78 prefeituras que promovem todos os anos a temporada de praias. Os recursos variam de acordo com o registro do fluxo de turistas nos anos anteriores.

As categorias das praias variam também quanto à estrutura, quando sazonais, aquelas que aparecem quando o nível dos rios diminuem, como é o exemplo de Pedro Afonso, e as permanentes, como é o caso de Porto Nacional.

As praias sazonais foram distribuídas em nível A, que recebeu investimento de R$ 120 mil; nível B, que recebeu R$ 90 mil; nível C, que recebeu R$ 60 mil; e nível D, que recebeu R$ 30 mil. Há ainda as categorias das praias permanentes, subdividias em nível A, que recebeu R$ 50 mil, e nível B, recebeu R$ 30 mil.

 

Temporada de 2013

Na temporada de praias de 2013 o Governo Estadual investiu cerca de R$ 3,5 milhões no desenvolvimento do projeto "Tocantins de braços abertos”, que contemplou 34 praias em todo Estado.

O programa implantou nas praias estruturas de banheiros, estação de tratamento sanitário, caixas d’água, pias, barracas (comerciais, institucionais e de sombreamento), palco, área de camping, área de estacionamento, pier, sinalização da área de banho, área para práticas esportivas, academias ao ar livre e entrega de kits de utilidades para os turistas.

Além do recurso do programa "Tocantins de braços abertos", o Prodivino liberou cerca de R$ 4 milhões em microcrédito, aos comerciantes das Praias.

 

Fonte: T1

Problemas com a imagem

Sobre o Sindicato

Sindicato do Turismo e Hospitalidade do Estado do Tocantins

  • Endereço:
    Rua D - Qd. 10 - Lt. 1 a 5 - Nº 109 - Setor Eng. Waldir Lins
  • CEP: 77423-030
  • Processo: 566
  • Telefone(s): (63) 3312-1285
    Fax: (63) 3312-1285
  • Email contato: sindhorbsto@gmail.com
  • Presidente:
    MARIA LÚCIA DORTA POMPEU